domingo, 26 de janeiro de 2014

Posted by Mulheres na ciência on 10:06 No comments

Yi So-yeon nasceu em 1978, em Gwangju, na Coréia do Sul. Cientista e primeira astronauta sul-coreana.
Frequentou o Instituto de Gwangju, mais tarde obteve um bacharelado e mestrado em engenharia mecânica, no Instituto Coreano Avançado de Ciência e Tecnologia (KAIST), uma das melhores universidades da Coréia do sul, em Daejeon, cidade localizada no centro do país.

No ano de 2006 a Coreia do Sul realizou com a Rússia um acordo comercial para enviar astronautas coreanos nas missões espaciais russas. No final desse ano, depois de uma exaustiva seleção entre 245 pessoas, So-yeon foi candidata para participar do voo espacial organizado pela Agencia Espacial Federal Russa. Viajou a Rússia para fazer um curso de capacitação no Centro de Treinamento de cosmonautas Yuri Gagarin, perto de Moscou.

De volta a seu país, So-yeon decidida e entusiasmada com o treinamento, seguiu estudando e se doutorou em fevereiro de 2008 em sistemas biotecnológicos, pois estava se preparando para a viagem espacial. Com efeito, em abril de 2008, a valente So-yeon, de 30 anos, foi lançada ao espaço a bordo da nave Soyuz TMA-12 junto aos astronautas russos. Converteu-se na primeira pessoa sul-coreana a viajar ao espaço.

Para Soy-yeon, engenheira de biossistemas, não foi fácil a vida espacial: sofria dores na costa, de cabeça e muitas náuseas. Ela não formou parte da tripulação, mas viajou como participante espacial, isto é, ela precisava trabalhar e trabalhar. Ela realizou dezoito experiências científicas, no espaço, para o Instituto de Pesquisa Aeroespacial da Coréia do Sul (KARI), entre elas o comportamento de moscas em microgravidade, o crescimento de plantas e as mudanças causadas pela falta de gravidade em seu coração, olhos e face.

Depois do seu voo, So-Yeon começou a trabalhar como investigadora no Instituto Coreano de Investigações Aeroespaciais (KARI) e é embaixadora da companhia viajando pelo mundo para incentivar as jovens a seguir a carreira de ciências.

Em outubro de 2008 participou da inauguração do Instituto Internacional de Comercio Espacial (CSII), na cidade de Douglas, na ilha de Man. Esta ilha está situada entre Inglaterra e Irlanda do Norte.

Pelos seus trabalhos e investigações, em maio de 2011, a revista Cientifica Asiatica catalogou a So-yeon Yi como um dos 15 melhores cientistas asiáticos. 

Traduzido do Mujeres que Hacen la Historia
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário