sábado, 23 de fevereiro de 2013

Posted by Mulheres na ciência on 12:08 No comments


Nasceu em 1952, em Dehradun, capital do Estado de Uttarakhand, no norte da Índia. Cientista, filosofa e ativista do ecofeminismo.


Vandana estudou Física em sua cidade, logo partiu para o Canadá, onde se tornou uma mestre em Filosofia da Ciência e, em 1979, uma Phd em Física Quântica, na universidade de Ontário.

Ela criou em 1982 a Fundação para a investigação Científica, Tecnológica e Ecológica, na qual se impulsiona a agricultura ecológica e se estuda a biodiversidade.

Filosofa da ciência hindu, Vandana recebeu vários prêmios em reconhecimento a sua dedicação com a ecologia: Em 1993, o Premio Nobel Alternativo da Paz e o Global 500 do Programa das Nações Unidas para o meio ambiente e o premio internacional do Dia da Terra, também das Nações Unidas.

Escritora de vários artigos, ensaios e livros; Entre suas obras se destacam “A guerra da água: contaminação, privatização e negocio”, "Biopirataria: o saque da natureza e do conhecimento”, “Monoculturas da mente”. 

 Traduzido do Mujeres que hacen la historia
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário